Lorenza Pozza, a cantora do Gente Inocente que virou a sensação dos casamentos

Poliana Carvalheiro, 32, vai se casar em novembro deste ano. Para sair tudo conforme o imaginado, começou cedo os preparativos da festa, ainda no início de 2018. Uma das primeiras providências foi ir atrás da voz que sonhou para embalar o seu ‘sim’ com Paulo Shigueo: a da cantora Lorenza Pozza.

Lorenza é conhecida como uma das principais cantoras de casamento do país. Poliana não imaginava, porém, que, mesmo com tanta antecedência, não conseguiria ter a artista no seu grande dia. A noiva cogitou até mudar a data do enlace, mas o noivo não concordou.

Contrariada diante da agenda lotada da cantora, Poliana chegou a sugerir à assessoria de Lorenza que ela tivesse um serviço de playlist personalizado. A negociação, no entanto, não foi adiante e a noiva acabou desistindo: “Não era para ser, mas a emoção, a delicadeza e a profundidade que a voz dela passa era o que eu queria transmitir a todos que iremos reunir no nosso dia”, conforma-se a noiva.

Enquanto isso, no Instagram, uma noiva confessa a ansiedade: “Não vejo a hora de escolher as músicas, estou mais ansiosa para conhecer a Lorenza do que para casar”.

Lorenza Pozza
Lorenza em post no Instagram parra anunciar que a agenda de 2020 está aberta

A agenda disputada se deve, entre outras razões, ao timbre suave e afinado de Lorenza, aplicado a um repertório romântico e a um visual superdelicado. Ela começou a conquistar os noivos em 2010, quando cantou pela primeira vez profissionalmente num casamento.

As habilidades artísticas da cantora curitibana de 29 anos, porém, chamam a atenção há muito mais tempo. Ela era uma das crianças capitaneadas por Márcio Garcia no programa Gente Inocente (2000-2002), na Globo.

A carreira musical começou antes, aos 4 anos, nas aulas de piano; aos 9, gravou um CD com quatro músicas –trabalho que a levou ao programa de TV. De lá para cá, foram vários projetos, bandas, shows e apresentações especiais, como a que fez ao lado de Ivan Lins no teatro Guaíra.

Após concluir a graduação de Relações Públicas aos 21 anos, Lorenza veio morar em São Paulo para retomar a carreira musical. Entre os trabalhos, estavam o de música pop em francês, o de clássicos de jazz e, por fim, o de cantar em casamentos acompanhada de uma harpa. Nascia aí o embrião do Música para Casar, seu projeto ligado ao mundo casamenteiro e que hoje conta com violões, cordas, piano e percussão.

“A ideia sempre foi a de trazer um novo conceito musical e estético para o que havia até então para música de casamento, que era bastante formal e envolvia um repertório bastante engessado. Não fiz um planejamento comercial para o lançamento deste projeto e, na verdade, era um dos que eu menos imaginava ir adiante. Mas fui me apaixonando pelo universo de casamentos e querendo dedicar todo meu tempo a ele”, diz Lorenza.

O gatilho para a imersão no setor veio porque Lorenza começou a planejar a própria cerimônia. “Imaginava que na trilha sonora não poderiam faltar músicas populares que marcavam meu relacionamento. Foi aí que comecei a pesquisar o que já existia. As pesquisas surpreenderam, pois tudo que eu via era muito tradicional. Então pensei que seria uma oportunidade legal de criar algo novo”, lembra a cantora. O casamento não aconteceu, mas a carreira deslanchou.

A internet é um dos pilares da carreira de Lorenza. Foi por meio de seu blog, Música para Casar, que conseguiu fechar os primeiros contratos. Hoje, ela conta com aproximadamente 60 mil seguidores no Instagram e seus vídeos no Youtube têm mais de 10 milhões de visualizações. Por mês, a artista faz de 8 a 12 casamentos –a agenda acaba restrita porque a maioria das uniões ocorrem aos fins de semana.

Lorenza cantou nos casamentos das blogueiras Lia Camargo e Niina Secrets, e sua projeção só aumentou. Ela afirma que lamenta muito quando não consegue atender a uma noiva por causa de data (alô, Poliana!), mas que se sente realizada ao perceber que ao longo dos quase dez anos de estrada conseguiu influenciar cantores a desempenhar trabalhos semelhantes com músicas românticas e populares.

A cantora também apresenta canções autorais, uma delas, inclusive, está entre as mais solicitadas pelos noivos. O top 3 das mais pedidas abarca “Escolhi te Esperar” (Marcela Tais), “Sentir” (Lorenza Pozza) e “Stand by me” (Ben E King).

Aproveitando a oportunidade, o blog pediu a Lorenza que fizesse uma lista das músicas favoritas para a entrada da noiva. Tome nota: “Pela Luz dos Olhos Teus” (Tom Jobim), “Pra Sonhar” (Marcelo Jeneci), “Pra Você Guardei o Amor” (Nando Reis), De Janeiro a Janeiro” (Roberta Campos), “Singular” (Anavitoria), “Ainda Bem” (Thiaguinho), “Só Tinha de Ser com Você” (Tom Jobim), “Sentir” (Lorenza Pozza), “Escolhi te Esperar” (Marcela Tais) e “Anunciação” (Alceu Valença).

Embora tenha preferência pela MPB, Lorenza conta que gosta mesmo é de atender os pedidos dos clientes. Sendo assim, já cantou em japonês, espanhol, finlandês, hebraico e até tema da animação Dragon Ball; veja:

A agenda de 2020 de Lorenza está aberta e o preço para contratá-la começa em R$5.000 para casamentos em São Paulo. Quem não conseguiu uma data ou deseja conhecer melhor o trabalho da artista pode ir ao seu próximo show aberto, na quarta-feira (27), no teatro Viradalata, na zona oeste da capital paulista.