Casal fanático pelo Corinthians marca casamento na arena no dia do aniversário do clube

Por Dani Braga

Neste sábado (11), o programa “Caldeirão do Huck” mostrou um casamento de corintianos realizado em plena Arena Corinthians. Para quem é torcedor e está se perguntando como fazer o mesmo, sem a ‘ajuda do Luciano’, saiba que é possível trocar o altar da igreja pela vista do gramado do Itaquerão.

O clube e a agência de comunicação Yesh comandam o projeto Prometo Ser Fiel, que disponibiliza espaços variados da arena para cerimônias e festas de casamento. Os preços variam conforme a escolha do casal –o aluguel de um desses locais para fazer uma cerimônia sem festa pode custar cerca de R$ 10 mil, segundo consulta feita por uma noiva (o clube se recusa a passar valores oficiais dos pacotes e diz que ‘negocia de acordo com a necessidade do casal’).

Ainda neste sábado, antes do jogo entre Corinthians e Avaí, um outro casamento será anunciado. É a união entre Cristina Felix Kubernat, 28, e Leonardo Marras Xavier, 27, a ser celebrada em 1º de setembro de 2018 –aniversário do time.

A escolha da data não é mera homenagem ao clube. Foi neste dia, no ano em que Corinthians comemorava seu centenário, em 2010, que Leonardo pediu a amada em namoro.

X

Tudo começou em junho do mesmo ano, quando eles se conhecerem em uma festa da faculdade de Gestão de Políticas Públicas, na USP. Depois, Leonardo a levou pela primeira vez a um jogo num estádio. O relacionamento decolou, mas ele esperou o dia certo para que o pedido de namoro fosse mais marcante.  “Se o Corinthians tivesse perdido, ele não iria se declarar”, diverte-se Cristina.

De lá para cá, ela perdeu as contas de quantos jogos assistiu ao lado do namorado. “A gente viaja muito atrás do Corinthians, já fomos ao interior de São Paulo, Recife, Belo Horizonte, Rio, Curitiba e Florianópolis. Só não fui com ele para o Japão ver o Mundial de Clubes, em 2012, porque não tinha condições financeiras na época”.

Além de ter virado sinônimo de passeio a dois, o time paulista guia os presentes trocados pela dupla, conta Cristina. “A cada aniversário do Corinthians, que é também aniversário de namoro, eu compro para o Léo uma camisa estampada com nome dele e o número que representa os anos de namoro. Neste ano, ele ganhou a 7, ano passado, a 6… E assim por diante”.

Com a relação colecionando bons passes, o casal começou a pensar em unir as chuteiras. Não foi necessário consultar a numerologia para escolher a melhor data. Cristina recorreu apenas ao calendário para procurar em que ano o 1º de setembro seria em um sábado: 2018.

Se por um lado a data era óbvia, o local não passava nem pelo sonho. “Talvez o salão do parque São Jorge ou algo temático”, cogitava a assistente administrativa. No entanto, quando ficaram sabendo da iniciativa capitaneada pela assessora de casamento Lu Carniti no estádio, até a família resolveu dar uma forcinha financeira para a festa acontecer.

Os noivos escolheram o Business Lounge, um dos mais de 15 espaços agora abertos para casamentos. O local recebe cerca de 230 pessoas e tem vista para o campo, de acordo com Cristina.

Segundo a assessoria, a arena está pronta para eventos com mais de 1.000 convidados.  Mas, para quem não quer levar a torcida do Corinthians para a festa, também há a opção de fazer um miniwedding.

Cristina diz que o anúncio do casamento neste sábado será uma surpresa para amigos e familiares. “Meu telefone não vai parar de tocar”. Para o time do coração, Cristina tem o pedido de presente na ponta da língua:  “quem sabe o segundo título da Libertadores”.

E um recado para os parentes não corintianos: está liberado deixar a rivalidade de lado e torcer junto pelo casal!