História de cão que deitou no véu da noiva e foi adotado é destaque no exterior

Por Dani Braga

“Uma loucura tudo isso”. É assim que Marília Pieroni, 28, define o momento que está vivendo desde que Snoop entrou na vida dela e do marido, Matheus Martins, 28.

Snoop você já conhece. É o cãozinho vira-lata mais xereta que você respeita. Ele invadiu o casamento de Marília e Matheus e provocou situações bem inusitadas: primeiro, roçou-se entre os convidados, depois, entrou na cerimônia antes da noiva enquanto tocava a marcha nupcial e, por fim, resolveu deitar-se sobre o véu dela durante a cerimônia.

Reação de Marília Pieroni ao ver o cachorro deitado em seu véu durante a cerimônia

Na ocasião, em vez de enxotar o bichinho dali, a noiva teve uma crise de riso e disse que, se ele estava ali, era porque sabia que ela amava os animais. Após a festa, porém, o cão desapareceu (não sem antes devorar de tudo um pouco do que tinha na festa). Quando os recém-casados retornaram da lua de mel, saíram em busca do animal de rua para adotá-lo. E conseguiram!

Ao encontrá-lo, Marília contou que ele logo ele se tornou seu companheiro. Agora, com comida, banho e companhia diária, Snoop virou estrela internacional. Isso porque após a publicação da história no Enfim Sós, a família não parou de dar entrevistas para diversos sites de notícias e blogs.

Nesta semana, a história rompeu as fonteiras e foi contada em em inglês, espanhol, italiano, farsi e, segundo Marília, será retratada também em japonês.

Sites  de veículos como “People”, WGN9, (de Chicago), “Daily Mail”, “New York Post”, entre outros, estamparam a reação dos noivos ao se depararem com a presença de Snoop no evento.

X

“Planejamos tanto o nosso casamento, mas nunca esperávamos que saísse nem nos jornais da cidade [Laranjal Paulista]. No máximo, nas fotos dos convidados no Facebook”, surpreende-se Marília. “Até na rua estão me parando agora”.

O pai da noiva, Narcizo Pieroni, também procurou o blog para contar que está extasiado com a repercussão. “Minha filha é apaixonada por animais, por isso deu tudo certo”.