‘Elopement wedding’ é alternativa para quem quer casar, viajar e economizar

Por Dani Braga

Você já leu aqui no Enfim Sós que “mini-wedding” é o casamento para poucos convidados. “Destination wedding“, por sua vez, é a união celebrada fora do país ou do Estado onde moram os noivos –há quem insira nessa modalidade os casamentos celebrados em outra cidade. Agora, uma outra opção tem se tornado tendência entre os noivos: o “elopement wedding”, conhecido também como casamento a dois, íntimo ou secreto.

Para fazer um “elopement wedding” é necessário que os noivos estejam dispostos a fazer os votos em algum lugar diferente. A experiência pode ser ampliada de acordo com os desejos do casal, a contratação de um fotógrafo, por exemplo, se torna indispensável para registar o momento, assim como a de um cerimonialista, caso os noivos queiram passar pelo ritual do “sim”.

X

Caso o casal queira música, jantar, cerimônia completa etc., o “elopement wedding” ainda continua mais econômico, porque já funciona como o início da lua de mel e, como não há convidados, não há gastos com bufê, locação de espaço, lembrancinhas, dentre outros serviços comuns às celebrações tradicionais.

A rede social Pinterest, que lançou um catálogo especial para casamentos, o Wedding Report, afirma que a busca por “elopement wedding” cresceu 109% nos últimos meses. Além de mais barato, o modelo é considerado ultrarromântico, uma vez que a atenção dos noivos é voltada apenas para eles mesmos.

Para saber mais sobre o tema, o blog conversa com a organizadora de casamentos italiana Cristina Artana, que comanda a Wedding Date in Italy, empresa que realiza  cerimônias e festas na Itália. Dentre os locais onde já comandou eventos está o castello Odescalchi, perto de Roma, destino escolhido para a união de Tom Cruise e Katie Holmes em 2006.

Cristina com casal de americanos em um casamento em Vernazza, região da Liguria, na Itália
Cristina com noivos americanos em um enlace em Vernazza, na Itália (Arquivo pessoal)

Enfim Sós – Você notou um crescimento dos “elopement weddings” nos últimos tempos? Como eles funcionam na prática?  

Cristina Artana – Sim, muitas pessoas hoje preferem um casamentos a dois. Na Wedding Date in Italy, temos muitos pedidos por isso, especialmente de casais americanos. Eu acho que depende de várias razões: um casamento a dois é muito mais romântico e pode ser o início da lua de mel. Geralmente, mas nem sempre, são cerimônias simbólicas. O casal, na verdade, já pode estar casado no seu país de origem, mas também é possível fazer casamentos com validade civil. Quase sempre são cerimônias ao ar livre e em lugares maravilhosos. Raramente esse tipo de casamento é católico.

Quais são as principais diferenças entre organizar um casamento repleto de convidados e um apenas com noivos?

Um casamento apenas com noivos é muito mais rápido de organizar. É muito mais funcional para casal se decidir e muito mais rápido para a “wedding planner” também. É mais prático, mais barato e pode ser planejado com até dois meses de antecedência, especialmente se for simbólico e sem documentos. De qualquer modo, sempre prefiro planejar com uma antecipação maior para buscar fornecedores e lugares melhores.

Quanto em média se gasta em um casamento na Itália, caso os noivos optem por um elopement wedding completo?

Em media de 2500 euros.

Noivos em geral se apegam a detalhes na hora de preparar o casamento. Como é cuidar e supervisionar tudo isso distante do casal?

É fundamental confiar em um “wedding planner” do local para ter responsabilidade com organização, preparativos e qualidade dos fornecedores e serviços. É ele, inclusive, que vai cuidar e dar segurança à noiva de que tudo irá ocorrer bem. Hoje, felizmente, é mais fácil a comunicação, que pode ser diária pelo Whatsapp ou  Skype. O único problema que eu vejo, talvez, é o fuso horário!

Quais serviços não podem faltar de jeito nenhum mesmo em um elopement wedding?

Um elopement wedding tem muitos serviços também; tem decoração florais, um cerimonialista, a música, fotos, vídeo, transporte, etc. Eu acho que é muito importante ter um fotógrafo para esse tipo de casamento. Um serviço fotográfico mais íntimo e itinerante pode ser uma experiência muito legal para o casal.

 

Casal ao ar livre
Cenários ao ar livre são os preferidos para ‘elopement wedding’; o casal acima escolheu um tema retrô para um ensaio (Fotolia)