Casamento de R$ 253 milhões é produzido por diretores de cinema e tem convite banhado a ouro

Por Dani Braga

O ranking dos casamentos ostentação foi atualizado.

Brahmani, 21, e Rajeev, 25,  no primeiro dia da festança (Foto: Família Janardhana Reddy/AFP)
Brahmani, 21, e Rajeev, 25, no primeiro dia da festa de casamento (Foto: Família Janardhana Reddy/AFP)

Nem nos recuperamos do matrimônio ultraluxuoso de Madina Shokirova, na Rússia, e uma festança que começou nesta quarta-feira (16) e durará cinco dias, na Índia, roubou a cena e o troféu do casamento mais extravagante do ano. O ‘sim’ de Brahmani, 21, e Rajeev, 25, custou (pausa dramática) R$ 253 milhões.

A noiva é filha do magnata Gali Janardhana Reddy, ex-ministro de Estado que ficou preso por três anos sob acusação de corrupção –o que ele nega.

Milhares de convidados receberam o convite para o enlace: uma caixa banhada a ouro com uma TV LCD para assistirem a este vídeo (destaque para os cavalos brancos que acompanham o noivo):

Voltando aos números, só os saris da noiva custaram cerca de R$ 8,5 milhões, enquanto as joias não saíram por menos de R$ 43 milhões!

Diretores de Bollywood –como é chamada a indústria cinematográfica da Índia– foram chamados para produzir a festa, cujos preparativos começaram há meses.  Segundo a mídia local, 3.000 seguranças e 300 policiais trabalham no evento e têm a missão de impedir que a “mídia estrague as surpresas” preparadas para os convidados.

No site de notícias indiano “Khaleej Times” a maior parte dos leitores reprova o casamento. A polêmica vem à tona principalmente por causa da crise que o país enfrenta diante da medida do governo de retirar de circulação notas de valores altos numa tentativa de limpar o mercado do ‘dinheiro negro’.

Telão mostra a família durante o casamento na Índia (Foto: AFP)
Telão mostra a família durante o casamento na Índia (Foto: AFP)